Notícias Recentes

    Governo da RAEM acompanha de forma contínua sobre o deslizamento de terra ocorrido na Estrada de S. Francisco

    17/06/2022


    Fonte: Direcção dos Serviços de Obras Públicas、Direcção dos Serviços de Solos e Construção Urbana、Instituto Cultural

    No que diz respeito aos trabalhos de acompanhamento urgente após o deslizamento de terra ocorrido por trás da Estrada de S. Francisco no dia 9 de Junho, depois de vários dias de trabalhos de reparação urgente, neste momento, o local situado junto ao lado do Edifício Ka On Kok ficou consolidado provisoriamente depois de ter efectuado os trabalhos de aterro e injecção de calda de cimento adequados. Além disso, foi comunicado com os moradores afectados e procedido à limpeza e vedação provisórias e foi planeado com os moradores para implementar de forma progressiva os respectivos trabalhos de restauros.

    Dado que neste momento, no talude, um troço da antiga muralha da cidade com um comprimento de cerca de 10m encontra-se inclinada e com fissuras, este está numa situação instável e poderá ocorrer o risco de derrocada e provavelmente poderá causar impactos nas restantes partes da antiga muralha que se encontram numa situação estável. Assim, no dia 13 e Junho, a Direcção dos Serviços de Obras Públicas, a Direcção dos Serviços de Solos e Construção Urbana e o Instituto Cultural realizaram uma reunião extraordinária no sentido de discutir sobre o plano de tratamento e os 3 serviços interessados chegaram a consenso de que a segurança pública e a estabilidade ao seu redor devem ser de prioridade, portanto, devem realizar o mais rapidamente possível os tratamentos nas partes que estão em risco e elaborar um plano.

    Após ter efectuada uma profunda avaliação e uma análise técnica no local, planeia-se realizar com urgência os trabalhos de demolição do respectivo troço da antiga muralha que se encontra instável, cujo respectivo plano de demolição foi apresentado aos vogais durante a reunião urgente no Conselho do Património Cultural realizado ontem (dia 16) e tendo em consideração que neste momento a referida antiga muralha da cidade encontra-se num estado de urgência e que envolve a segurança pública, o Conselho não apresentou reclamação em relação ao respectivo plano. Devido ao estado de tempo incerto verificado nos últimos dias e com base na sua urgência, a Direcção dos Serviços de Obras Públicas iniciar-se-á os trabalhos de demolição da parte da respectiva antiga muralha que se encontra numa situação instável e com risco de derrocada.


    Política de Privacidade    |    Feedback

    Copyright © Instituto Cultural, Reservados todos os direitos.
    Praça do Tap Seac, Edif. do Instituto Cultural, Macau
    Tel:(853) 2836 6866 Fax:(853) 2836 6899 Email:webmaster@icm.gov.mo

    Este site foi optimizado para visualização a 1024 x 768, nas versões Internet Explorer 10, Adobe Acrobat Reader 9 ou superior.