Notícias Recentes

    Inauguração da “Exposição de Documentos Históricos das Leprosarias de Macau” - Reabertura da Vila de Nossa Senhora de Ká-Hó no Sábado

    03/11/2021


    Com o objectivo de apresentar ao público os resultados da recuperação, valorização e revitalização de edifícios patrimoniais, o Instituto Cultural (IC) irá realiza “Lugar de Esperança - Exposição de Documentos Históricos das Leprosarias de Macau” – Reabertura da Vila de Nossa Senhora de Ká-Hó, cuja cerimónia de inauguração terá lugar no dia 6 de Novembro (Sábado), pelas 14:00 horas, na Vila de Nossa Senhora de Ká-Hó. A exposição estará patente a partir deste dia numa base permanente, sendo bem-vinda a visita do público.

    Desde 2013, o IC tem realizado em fases os trabalhos de restauro da Vila de Nossa Senhora de Ká-Hó. Antes do restauro e revitalização, as cinco casas e o antigo espaço recreativo encontravam-se em diferentes graus de degradação e envelhecimento, estando inclusive danificados por plantas daninhas, devido a terem estado desocupados e com falta de manutenção durante muitos anos. O IC realizou exames e análises estruturais profundas, procedendo ao restauro de cada edifício, de acordo com os seus seu materiais e configuração arquitectónica original. A fase de consolidação estrutural foi agora concluída. Em paralelo, no final do ano passado, o IC iniciou o procedimento de classificação do 3.º grupo dos bens imóveis de Macau, incluindo a Vila de Nossa Senhora (Antiga Leprosaria de Ká-Hó, e a Igreja de Nossa Senhora das Dores), tendo divulgado mais recentemente que os referidos bens imóveis foram agora inscritos na Lista de Bens Imóveis Classificados do Património Cultural.      

    A fim de utilizar melhor e revitalizar os edifícios patrimoniais e de aumentar o conhecimento do público sobre a Vila de Nossa Senhora de Ká-Hó, o IC leva a cabo “Lugar de Esperança - Exposição de Documentos Históricos das Leprosarias de Macau” no antigo centro de actividades e na casa adjacente, apresentando quase uma centena de arquivos selecionados e materiais relacionados das colecções do Arquivo de Macau. A exposição apresenta um estudo sobre o desenvolvimento das instalações de tratamento da lepra em Macau, delineando a história do tratamento da lepra no território e fornecendo referências importantes para pesquisas futuras os mesmos. A exposição procura ainda evidenciar o papel pioneiro assumido pela sociedade de Macau na promoção de acções de assistência a pacientes leprosos e na difusão do humanitarismo em Macau. A exposição está dividida em duas secções, incluindo a exposição permanente na Vila de Nossa Senhora de Ká-Hó, que está aberta ao público a partir de 6 de Novembro e encerra à Quarta-feira, e outra exposição na Arquivo de Macau, que está patente de 6 de Novembro a 6 de Maio de 2022 e encerra à Segunda-feira e feriados. O horário de funcionamento de ambas secções é das 10:00 horas às 18:00 horas.

    Durante o período de exposição, serão realizadas diversas palestras temáticas. A primeira palestra temática terá lugar no dia da inauguração, pelas 15:30 horas, na Vila de Nossa Senhora de Ká-Hó. O IC disponibilizará um veículo aos participantes inscritos do dia de inauguração, às 14:30 horas no Arquivo de Macau, sendo os participantes aconselhados a chegarem pontualmente. Além disso, o Catálogo de “Lugar de Esperança - Exposição de Documentos Históricos das Leprosarias de Macau” encontra-se à venda ao preço de MOP190, com desconto na data de inauguração.

    O IC tem acompanhado de perto a situação da pandemia, colaborando activamente com as orientações emitidas pelos Serviços de Saúde e adoptando medidas correspondentes em tempo oportuno. Os residentes que desejarem aceder aos recintos ou participem nas actividades culturais, por sua vez, devem respeitar o controlo do fluxo de pessoas no recinto das actividades, assim como estar munidos de máscara própria, submeter-se à medição da temperatura corporal e apresentar o respectivo Código de Saúde pessoal do dia. Além disso, o IC também apela à população para que se esloque às instalações culturais em diferentes períodos e, após a entrada nas mesmas, preste atenção à higiene pessoal e ambiental, a par de manter o distanciamento social adequado com outras pessoas.

    Para mais informações, é favor visitar a página electrónica do Arquivo de Macau www.archives.gov.mo,seguir a página “IC_Art” no Facebook ou assinar a conta oficial do IC “IC_Art_Macao” no WeChat.


    Política de Privacidade    |    Feedback

    Copyright © Instituto Cultural, Reservados todos os direitos.
    Praça do Tap Seac, Edif. do Instituto Cultural, Macau
    Tel:(853) 2836 6866 Fax:(853) 2836 6899 Email:webmaster@icm.gov.mo

    Este site foi optimizado para visualização a 1024 x 768, nas versões Internet Explorer 10, Adobe Acrobat Reader 9 ou superior.