Elementos do Património Cultural Intangível

    Confecção de Pastéis de Nata






    Apresentação:

    O pastel de nata é um doce tradicional típico Português que foi reinterpretado em Macau com características locais, sendo feito à base de açúcar caramelizado e ovos, sendo confecionado com farinha, manteiga, ovos, leite, natas e açúcar granulado. Trata-se de um exemplo de doçaria muito típico e popular em Macau. O fabrico do pastel de nata envolve dois processos paralelos, nomeadamente, a confeção da massa e do recheio. O pasteleiro faz primeiro a massa, que é composta por farinha com baixo teor de glúten e manteiga, amassando a mistura até formar uma camada fina e lisa que irá constituir a base do pastel. A massa é depois enrolada em formato de tubo e deixada a repousar, sendo, de seguida, cortada em doses individuais. Cada uma destas doses individuais é inserida num molde de maneira a adquirir o formato do pastel, no interior do qual se coloca depois o creme. Este é feito de leite e açúcar granulado, que devem ser continuamente mexidos até engrossar, e só depois se adicionando as gemas de ovo. Para finalizar, é só levar a cozer. Um pastel de nata acabado de fazer tem um aroma intenso e doce, muito apetitoso. Este doce típico distingue-se principalmente pela sua massa folhada crocante e pelo creme macio de ovo queimado que o cobre.

     

    Estado de preservação:

    O pastel de nata de Macau é baseado numa receita tradicional Portuguesa com uma longa história, sendo que a versão local encontrou grande aceitação em Macau. Actualmente, inúmeras pastelarias de Macau fabricam pastéis de nata, tendo a receita tradicional sido modificada de modo a desenvolver um doce típico com características locais de Macau – apresentando-se um pastel com uma base crocante e coberto com creme de nata de caramelo. Cada pastelaria local faz uso de diferentes dosagens de ingredientes e técnicas de confecção. Com o passar do tempo, o pastel de nata tornou-se num representante da doçaria local, muito apreciado por residentes e turistas. A sua fama leva cada vez mais pessoas a aprenderem o seu modo de fabrico, possibilitando a transmissão e a continuidade da confecção desta iguaria local.

     

    Valor patrimonial: 

    O pastel de nata é um doce tradicional típico Português, que serviu de base à versão de características próprias de Macau que encontramos localmente e que representa um produto com um profundo significado cultural, cuja confecção resulta da inovação e da transmissão de técnicas de confecção da doçaria Portuguesa. A versão desta receita em Macau e o seu modo de fabrico tornaram-se já importantes representantes sobre a diversidade da cultura gastronómica local, sendo de inegável valor para o seu estudo.


    Política de Privacidade    |    Feedback

    Copyright © Instituto Cultural, Reservados todos os direitos.
    Praça do Tap Seac, Edif. do Instituto Cultural, Macau
    Tel:(853) 2836 6866 Fax:(853) 2836 6899 Email:webmaster@icm.gov.mo

    Este site foi optimizado para visualização a 1024 x 768, nas versões Internet Explorer 10, Adobe Acrobat Reader 9 ou superior.