Elementos do Património Cultural Intangível

    Procissão de Santo António






    Apresentação:

    A Procissão de Santo António é um  desfile religioso realizado anualmente pela Diocese de Macau, no Sábado ou no Domingo, antes ou a seguir, a 13 de Junho, para comemorar Santo António de Lisboa, que morreu a 13 de Junho de 1231. Trata-se de um santo muito popular e apreciado pelos devotos, nomeadamente pelos numerosos milagres que realizou. Antes da procissão anual, os fiéis participam numa missa, antes de se juntarem à procissão. A estátua de Santo António que é transportada em romaria leva no seu braço um bebé, partindo da  Igreja de Santo António e regressando pelo Jardim de Luís de Camões, antes de voltar à Igreja de Santo António.

     

    Estado de preservação:

    Durante o desastroso tufão de 1874, a Igreja de Santo António foi atingida por um relâmpago e incendiou-se. Esta procissão é uma tradição com centenas de anos e mantém-se na actualidade, sendo um evento repleto de significado religioso e cultural.

     

    Valor patrimonial:

    A Procissão de Santo António é uma cerimónia religiosa, que foi mantida ao longo do tempo e que é bastante característica de Macau, sendo um evento que conta, todos os anos, com a participação de um grande número de devotos ligados às comunidades e igrejas católicas locais. De acordo A forma como esta procissão é praticada e as suas características específicas são um reflexo importante da cultura religiosa local. Santo António é tradicionalmente considerado o padroeiro de Lisboa, bem como o padroeiro dos namorados, dos casais e das crianças.


    Política de Privacidade    |    Feedback

    Copyright © Instituto Cultural, Reservados todos os direitos.
    Praça do Tap Seac, Edif. do Instituto Cultural, Macau
    Tel:(853) 2836 6866 Fax:(853) 2836 6899 Email:webmaster@icm.gov.mo

    Este site foi optimizado para visualização a 1024 x 768, nas versões Internet Explorer 10, Adobe Acrobat Reader 9 ou superior.