Elementos do Património Cultural Intangível

    Preparação do Chá de Ervas



    O Chá de Ervas, é um tipo de chá feito de ervas medicinais puramente chinesas em Guangdong, Hong Kong e Macau, de acordo com o clima e as condições ambientais locais. Guiado pela teoria dos serviços médicos chineses, o Chá de Ervas tem sido desenvolvido no longo caminho da prevenção da doença e dos estudos médicos e possui efeitos antipiréticos e antitóxicos, enquanto sacia a sede e dissipa o calor e a humidade no corpo quando consumido.

    Cerca do ano 306, Ge Hong, um farmacêutico tauista de Jin do Oriente mudou-se para sul para a região de Lingnan e dedicou-se ao estudo de diferentes doenças epidémicas febris na região. Na verdade, o seu livro sobre medicina chinesa e as conclusões que retirou da experiência rica de cura de pessoas por médicos de Lingnan da escola de doenças epidémicas febris deu origem à formação do Chá de Ervas, impregnado da cultura e dos conhecimentos profundos de Lingnan. É através deste livro que as receitas e a terminologia da medicina chinesa continua a ser transmitida de geração em geração.

    As técnicas de prescrição do Chá de Ervas têm centenas de anos de história e constituem uma sucessão hereditária. Durante a Revolução Cultural, a cultura do Chá de Ervas sofreu um sério revês que levou ao encerramento das lojas de chá medicinal; na China Continental, restam muito poucas relíquias, locais históricos e vestígios, registos históricos e fotografias relacionadas com o Chá de Ervas. Felizmente, o Chá de Ervas sobreviveu em Hong Kong e Macau. Hoje em dia, as 54 receitas e a cultura do chá medicinal formada por 16 marcas de chá - Wang Lao Ji, Shang Qing Yin, Jian Sheng Tang, Teng Lao, Bai Yun Shan, Huang Zhen Long, Xu Qi Xiu, Chun He Tang, Jin Hu Lu, Xing Qun, Run Xin Tang, Sha Xi, Li Shi, Qing Xin Tang, Ji Lin Chen e Bao Qing Tang – gozam de grande e ampla popularidade.

    A longa história da cultura do Chá de Ervas e a sua extensa herança ajudou a uma produção anual de chá de ervas na ordem dos dois milhões de toneladas (incluindo Hong Kong e Macau). É actualmente vendido em quase 20 países, incluindo a China, EUA, Canadá, França, Inglaterra, Itália, Alemanha, Austrália e Nova Zelândia. Numa época de rápido desenvolvimento industrial, o Chá de Ervas, um elemento componente da cultura da comida chinesa, possui uma certa importância prática na preservação e promoção da sua cultura.




    Política de Privacidade    |    Feedback

    Copyright © Instituto Cultural, Reservados todos os direitos.
    Praça do Tap Seac, Edif. do Instituto Cultural, Macau
    Tel:(853) 2836 6866 Fax:(853) 2836 6899 Email:webmaster@icm.gov.mo

    Este site foi optimizado para visualização a 1024 x 768, nas versões Internet Explorer 10, Adobe Acrobat Reader 9 ou superior.