Notícias Recentes

    Exposição “Cronologia da Vida de Zheng Guangying”
    para enriquecer o conteúdo da Casa do Mandarim

    A fim de enriquecer o conteúdo expositivo da Casa do Mandarim e permitir ao público conhecer melhor a vida de Zheng Guangying e a influência do seu pensamento na história contemporânea da China, o Museu de Macau, organismo dependente do Instituto Cultural, organizou a Exposição “Cronologia da Vida de Zheng Guangying” que se encontra patente ao público na Casa do Mandarim, a partir do passado dia 12 de Junho, dando a conhecer, desta forma, o seu pensamento reformista e a história da Casa do Mandarim.

    A Casa do Mandarim é um imóvel classificado que integra o Centro Histórico de Macau, enquanto Património da Humanidade. Era a residência de Zheng Guangying, famoso pensador chinês da época contemporânea. Trata-se de um complexo residencial familiar bastante raro em Macau. Desde a sua abertura ao público em Fevereiro do corrente ano, recebeu inúmeros visitantes, tanto locais como turistas, tendo passado a ser um local de visita privilegiado.

    Após o golpe da crise económica em Xangai e a detenção e litígio por mais de um ano com a Companhia “Swire” (também conhecido por “Taikoo” em chinês) em Hong Kong, Zheng Guangying regressou a Macau em 1886. Após todos estes contratempos que marcaram a sua vida, fixou-se na Casa do Mandarim. Aí dedicou-se à redacção da sua obra “Advertências em Tempos de Prosperidade”, onde combina as suas experiências práticas na sociedade e as suas ideias de fortalecimento nacional. Esta obra de profunda influência tornou-se um marco inalienável da história de filosofia chinesa da época contemporânea.

    A Exposição “Cronologia da Vida de Zheng Guangying” apresenta, para além dos grandes eventos da sua vida, o seu pensamento reformista e os seus contributos durante o Movimento de Ocidentalização, dados sobre o seu pai, o seu irmão mais velho e o seu filho. Simultaneamente, estão também patentes as publicações editadas pelo Museu de Macau durante as investigações que decorreram e que constituem uma importante fonte para o estudo e compreensão da vida de Zheng Guangying.

    A Casa do Mandarim está aberta ao público de 6.ª feira a 3.ª feira, das 10:00 às 18:00 horas. Para mais informações, é favor contactar o número 2896 8820 durante as horas de expediente ou visitar a página electrónica da Casa do Mandarim: www.wh.mo/mandarinhouse.

      


    Política de Privacidade    |    Feedback

    Copyright © Instituto Cultural, Reservados todos os direitos.
    Praça do Tap Seac, Edif. do Instituto Cultural, Macau
    Tel:(853) 2836 6866 Fax:(853) 2836 6899 Email:webmaster@icm.gov.mo

    Este site foi optimizado para visualização a 1024 x 768, nas versões Internet Explorer 10, Adobe Acrobat Reader 9 ou superior.