Notícias Recentes

    Representantes consulares em Hong Kong e Macau deslocam-se à cidade no âmbito do XXV Festival de Artes de Macau

    No dia 1 de Junho (Domingo), delegações de consulados acreditados em Hong Kong e Macau deslocaram-se a Macau para assistir a alguns espectáculos do XXV Festival de Artes de Macau (FAM). Esta deslocação, organizada pelo Instituto Cultural (IC), incluiu visitas à exposição Colotipia • Retorno – Perspectivas Convergentes de John Thomson e Wong Ho Sang patente no Museu de Macau e ao Templo de Pak Tai, em frente ao qual puderam assistir a Dance DomeExperiência de Cinema 360°, programa inserido no XXV FAM. Adicionalmente, os Cônsules-gerais assistiram ainda ao espectáculo de encerramento do FAM, Um Sonho de Luz, tendo, no final, manifestado grande satisfação com esta visita, a qual lhes permitiu tomarem contacto e apreender melhor o ambiente cultural e artístico de Macau.

    A exposição Colotipia • Retorno – Perspectivas Convergentes de John Thomson e Wong Ho Sang,organizada pelo Museu de Macau, organismo sob a égide do IC, dá a conhecer os trabalhos do fotógrafo britânico John Thomson realizados na China entre 1868 e 1872, os quais ilustram as condições sociais e culturais da época. A exposição apresenta ainda trabalhos obtidos pelo processo de colódio húmido realizados especialmente para esta exposição pelo fotógrafo contemporâneo de Macau Wong Ho Sang.

    Na visita dos representantes consulares ao Templo de Pak Tai, na Taipa, acompanhados pelo Presidente do Instituto Cultural, Dr. Ung Vai Meng e pelo Chefe do Departamento de Acção Cultural do IC, Kent Ieong, os mesmos ficaram a conhecer melhor a história, a cultura e as características arquitectónicas dos templos de Macau. A delegação consular assistiu, de seguida, a dois filmes, Pal O’ Me Heart e The Beautiful, no âmbito do programa Dance Dome – Experiência de Cinema 360o, um cinema íntimo instalado no Largo do Templo de Pak Tai, que tolda as fronteiras entre o movimento, a tecnologia digital e o cinema, oferecendo aos espectadores uma extraordinária experiência imersiva. No final do dia, o IC organizou um banquete em honra do corpo consular, após o qual os convidados tiveram oportunidade de assistir ao espectáculo de encerramento do XXV FAM, Um Sonho de Luz. Representantes do grupo MAVA, criadores do espectáculo, estiveram também presentes no banquete, tendo partilhado com a delegação consular os conceitos criativos e de design do espectáculo, permitindo a estes convidados de diversos países compreenderem mais a fundo as imagens e símbolos, entre outros, presentes nas imagens projectadas. Findo o banquete, os convidados dirigiram-se às Ruínas de S. Paulo, pano de fundo de Um Sonho de Luz, para assistir a este extraordinário espectáculo de mapping arquitectural audiovisual, o qual reflecte a atmosfera multicultural da cidade. Os membros da delegação consular manifestaram grande satisfação e alegria por terem assistido ao XXV Festival de Artes de Macau.

     


    Política de Privacidade    |    Feedback

    Copyright © Instituto Cultural, Reservados todos os direitos.
    Praça do Tap Seac, Edif. do Instituto Cultural, Macau
    Tel:(853) 2836 6866 Fax:(853) 2836 6899 Email:webmaster@icm.gov.mo

    Este site foi optimizado para visualização a 1024 x 768, nas versões Internet Explorer 10, Adobe Acrobat Reader 9 ou superior.