Notícias Recentes

    Instituto Cultural convoca reunião sobre gestão da prevenção de incêndios nos templos para promover a segurança contra incêndios e a protecção ambiental nos templos



    No sentido de reforçar a prevenção de incêndios, a protecção ambiental e a gestão dos templos, e tendo em conta que o Ano Novo Lunar se aproxima, o Instituto Cultural (IC), em conjunto com o Corpo de Bombeiros (CB) e a Direcção dos Serviços de Protecção Ambiental (DSPA), convidou recentemente (11 de Janeiro) os gestores de todos os templos de Macau para participarem na primeira reunião de 2019 sobre prevenção de incêndios, protecção ambiental e gestão dos templos.

    Durante a reunião, o IC começou por agradecer aos gestores dos vários templos a sua colaboração e dedicação à salvaguarda dos templos ao longo do ano passado, fazendo igualmente uma retrospectiva sobre o trabalho de prevenção de incêndios e gestão dos templos desenvolvido durante o ano de 2018. O IC abordou ainda vários casos relativos à gestão de templos ocorridos nos últimos anos, reafirmando as disposições da Lei de Salvaguarda do Património Cultural nomeadamente as que estão  relacionadas com a realização de obras e a afixação de materiais de qualquer natureza em edifícios do património, lembrando também a obrigação de consultar previamente o IC antes da realização de quaisquer obras, incluindo aditamento de elementos, vedações, construção de paredes, alteração da cor das paredes, substituição de portas e janelas, ou substituição de telhas, devendo estas ser autorizadas pelo IC antes de serem realizadas, sob pena de se incorrer em responsabilidade legal.

    Representantes do IC e do CB procederam também à apresentação dos trabalhos de inspecção dos templos durante o Ano Novo Lunar, apelando aos gestores para prestarem especial atenção à segurança contra incêndios durante as alturas mais intensas de queima de incensos. Após o Ano Novo Lunar, o IC irá ainda destacar pessoal para se deslocar aos templos, a fim de proceder ao registo das respectivas condições de uso, e de manter o contacto com os gestores relativamente à situação e às necessidades reais dos respectivos templos, colanborando assim com os gestores no sentido de melhorar o ambiente dos templos, e optimizar a gestão dos mesmos em sintonia com o valor cultural destes locias. Por sua vez, representantes da DSPA elaboraram uma apresentação sobre as “Instruções gerais para o controlo da poluição do ar originada pela queima de papéis votivos em templos e locais congéneres”, apresentando igualmente vários tipos de fornalhas ecológicas actualmente populares e explicação sobre o seu respectivo funcionamento. A DSPA apelou ainda aos gestores dos templos para reforçarem o seu trabalho de protecção ambiental, gestão e promoção de rituais com uma vertente cada vez mais ecológica.

    O IC concluiu a reunião salientando a importância da colaboração do Governo, dos gestores e de toda a população para o trabalho de segurança nos templos, afirmando que continuará a supervisionar a implementação da medida que implica “apagar o incenso que se encontre aceso nos espaços interiores dos templos durante a noite e desligar todas as fontes de energia eléctrica”, lembrando também que irá reforçar a aplicação da legislação relativamente às obras ou intervenções não autorizadas em templos, pelo que os gestores dos templos deverão cumprir rigorosamente as disposições da Lei de Salvaguarda do Património Cultural. Relativamente ao trabalho de registo sobre o estado de conservação dos templos, que será realizado após o Ano Novo Lunar, o IC espera poder contar com o apoio e a colaboração dos gestores de todos os templos de Macau, a fim de que todos possam contribuir para a melhoria do ambiente e para o aumento da segurança contra incêndios nos templos e assim permitir a preservação do valor cultural dos mesmos.

    A reunião foi presidida pela Vice-presidente do IC, Leong Wai Man, contando ainda com a participação do Chefe da Divisão de Salvaguarda do Património Cultural, Choi Kin Long; do Chefe, substituto, da Divisão de Verificação de Instalações do Departamento de Prevenção de Incêndios, Seong Wa; do Chefe, substituto, da Divisão de Operações e de Ambulâncias das Ilhas do Departamento Operacional das Ilhas, Sam Ka Hou; do Chefe, substituto, da Divisão de Inspecção Ambiental da DSPA, Chio Chan Wa; do Chefia Funcional da mesma Divisão, Ho Kon Mun; e de 41 gestores de 34 templos de Macau.


    Política de Privacidade    |    Feedback

    Copyright © Instituto Cultural, Reservados todos os direitos.
    Praça do Tap Seac, Edif. do Instituto Cultural, Macau
    Tel:(853) 2836 6866 Fax:(853) 2836 6899 Email:webmaster@icm.gov.mo

    Este site foi optimizado para visualização a 1024 x 768, nas versões Internet Explorer 10, Adobe Acrobat Reader 9 ou superior.