Prefácio

O património cultural tangível e intangível são o testemunho histórico do desenvolvimento da cidade e o suporte da civilização urbana, reflectindo as características e a personalidade regionais. Nos últimos anos, o “Património Cultural Intangível”, intimamente ligado à vida das pessoas, como os costumes populares, as artes tradicionais e artes de representação, entre outros, tem merecido cada vez mais atenção da sociedade e, em particular, a sua protecção e transmissão tornaram-se num tema de grande importância para os cidadãos. Na verdade, desde a entrada em vigor da “Convenção para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial” da UNESCO em Macau, em Setembro de 2006, que o Instituto Cultural iniciou imediatamente os trabalhos de salvaguarda do património cultural intangível, incluindo a submissão de candidaturas, o planeamento, a preparação e a organização de actividades expositivas, etc. Depois de vários anos de esforços, Macau conta actualmente com 15 manifestações de património cultural intangível e acredita-se que ainda existe muito deste património por descobrir.

A “Lei de Salvaguarda do Património Cultural”, que entrou em vigor em Março de 2014, incluiu o património cultural intangível como alvo de salvaguarda e estabeleceu a necessidade da elaboração de um inventário para fins dessa mesma salvaguarda. O Instituto Cultural já tinha criado uma equipa para levar a cabo os trabalhos de levantamento do património cultural intangível de forma a permitir a compreensão, o conhecimento e a avaliação científica e global dos potenciais recursos e valores deste património, que irão servir como referência para a elaboração do futuro inventário e também contribuir para a salvaguarda e transmissão do património cultural intangível de Macau.

Estes trabalhos em muito dependem da participação e apoio activo da população. Para além de poderem preencher o formulário de recolha de informações por iniciativa própria, onde recomendam os itens de património cultural intangível que consideram valiosos, os cidadãos também podem apoiar activamente o grupo de levantamento durante a realização dos trabalhos de pesquisa e investigação.